FAINA

Metálico

TYPE:

CLASS:

CLAN:

GROUP:

SUBGROUP:

PET TYPE:

EST. SHOCK:

INTERPERISM:

PARENTS:

YEAR:

DESCRIPTION:

ACONDRITO

OCTAEDRITO COMPLEXO

IAB

-

-

-

BRASIL - GO

2011

Meteorito Metálico Octaedrito IAB complexo, com característica fortemente plessítica.

PETROGRAPHY:

As seções polidas e gravadas exibem uma matriz plessítica complexa com pelo menos duas ordens de tamanho diferentes do padrão Widmanstätten. A largura de banda dos eixos α tem tipicamente 80 µm de largura e 10-25 ou 1-4 vezes a largura, respectivamente. Também apresenta algumas grandes bandas de kamacita não relacionadas ao padrão plessítico de Widmanstätten, pois são formadas por faixas de kamacita nucleadas e crescimento em torno de cristais de schreibersita. Os eixos são orientados uniformemente em pelo menos dois cristais de austenita. A ferrita (ferro ) dos eixos mostra os limites do subgrão, mas nenhuma linha de Neumann. A troilita ocorre como poucos pequenos nódulos espaçados. A largura de banda dos fusos de kamacita foi medida usando uma imagem composta obtida sob um microscópio óptico que foi conectado a um computador e analisado com o software ImageJ. A distribuição de tamanho das larguras de banda mostra uma distribuição bimodal de eixos de kamacita. A grande população de kamacita é formada por uma única rede longa de kamacita que faz fronteira com campos maiores de plessita, enquanto os campos menores de kamacita são mais visíveis associados a pequenos campos de plessita. Esse tamanho menor de domínios plessíticos às vezes tem uma orientação incoerente devido a muitos pequenos cristais de fosfetos que nucleiam cristais de kamacita. Fonte: Zucolotto et al. (2015).

GEOCHEMISTRY:

(J. T. Wasson, UCLA) INAA: 8,67% Ni; 0,87% de Co; 28 ppm de Cr; 186 ppm de Cu; 23,4 ppm de Ga; 83 ppm Ge; 13 ppm As; 6 ppm de Ru; 3,91 ppm Ir; 1,40 ppm Au. Composição das fases principais (I. P. Ludka, IGEO-UFRJ) WDS/EPMA: kamacita (Ni = 5,56 ± 0,4; Co = 0,61; N = 20), taenita (Ni = 28,8 ± 1,4; Co = 0,61; N = 16), fosfetos (Ni = 27,7 ± 1,2; P = 16,68 ± 0,7, N = 12), todos em% em peso.

CLASSIFICATION:

O Faina é um octaedrito plessítico que se assemelha a Ballinoo, Wiley, Crathèus, embora o teor de Ni seja muito baixo para um octaedrito plessítico e outros conteúdos químicos de Ni, Ga, Ge e Au. Esse detalhe coloca o meteorito Faina separado dos meteoritos IIC e o classifica como pertencente ao grupo IAB - complexo sem parente, e embora parecido com EET 83000, não mostra silicatos visíveis. Também devem ser considerados dois eventos distintos de resfriamento, onde um precipita a schreibersita com a formação de kamacita e outro mostra uma precipitação e crescimento do padrão Widmanstätten em duas etapas, argumentando que o meteorito se forma em uma ampla faixa de temperatura. Zucolotto et al. (2015).

CLASSIFIERS:

J. T. Wasson, M.E. Zucolotto e I. P. Ludka

STORY:

Encontrado em um quintal quando o Sr. G. Rodrigues cavou um buraco para a fossa séptica de sua casa. Ele suspeitava que a massa fosse um meteorito depois de assistir a um programa de TV sobre meteoritos. Comprado por André Moutinho em 31 de agosto de 2013.

All information that does not have a specific source were extracted from the Meteoritical Bulletin Database.

All images are copyrighted.